Clique para ouvir esse texto
Envie para um amigo Envie para um amigo Texto Para Impressão Texto para impressão


SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL


26 de abril de 2013

REDE DE CUIDADOS À PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO SUS FOI APRESENTADA NA CIB

Na 211ª Reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), ocorrida na tarde desta quinta-feira (25), na Fundação Luis Eduardo Magalhães (Flem), foram aprovados novos serviços de saúde para o estado, e apresentadas a Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência no SUS (RCPD), a Campanha Nacional de Busca Ativa de Hanseníase e Tratamento Coletivo de Geohelmintízse, dentre outras.

A cargo da técnica da Diretoria e Gestão do Cuidado, Fernanda Reis, foi a apresentação da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência no SUS. A profissional falou do conceito em evolução que resulta da interação entre pessoas com deficiência e as barreiras relacionadas as atitudes e questões ambientais que impedem a plena e efetiva participação destas pessoas na sociedade. Ela afirmou ainda que, na Bahia, 25,38% da população (4.795.909) tem pelo menos um tipo de deficiência.

"Das diretrizes do estado, voltado para o cuidado para pessoas com deficiência está a defesa da dignidade da pessoa, fortalecendo a sua identidade e emancipação com base na autonomia, independência e liberdade; desenvolvimento de ações de reabilitação baseadas nos conceitos do modelo social; eliminação progressiva e contínua de barreiras sociais, físicas e de comunicação que dificultem a participação da pessoa com deficiência, bem como o seu acesso à ações e serviços de saúde, dentre outras linhas de cuidado", afirmou Fernanda Reis.

Na reunião, a diretora da Diretoria de Vigilância Epidemiológica, Maria Aparecida Araújo, apresentou a Campanha Nacional de Busca Ativa de Hanseníase e Tratamento Coletivo de Geohelmintízse. Segundo ela, a campanha tem o objetivo de reduzir a carga parasitária de geohelmintos em jovens na fase escolar, nas idades de 5 a 14 anos, do ensino público fundamental (com uso de albendazol); identificar casos suspeitos de hanseníase e referenciar à rede básica de saúde para confirmação diagnóstica e tratamento. "Hanseníase e verminose tem cura, é importante tratar", afirmou a diretora.

Na reunião, também teve a apresentação da diretora de Gestão do Cuidado, Liliane Mascarenhas, sobre a realização teste rápido de gravidez, a proposta é que a compra do produto para a realização do exame possa ser realizada de forma unificada, pelo estado, viabilizado através das Diretorias Regionais de Saúde, de forma que o custo se torne menor e os municípios possam garantir a realização deste teste.

Credenciamentos

Dos credenciamentos foram homologados núcleos de Apoio à Saúde da Família, para os municípios de Capim Irará, Itiúba, Tapiramutá, São Gabriel, Água Fria, Riacho de Santana, Brumado, Saúde, Suto Soares, Castro Alves, Rafael Jambeiro, Jacaraci, Barrocas,, Pé de Serra, Nordestina e Canápolis. Equipes de Saúde da Família, para Teolândea, Valente, Riacho de Santana, Brumado e Livramento de Nossa Senhora. Equipes de Saúde Bucal, para Valente, Brumado, Livramento de Nossa Senhora, Urandi, Jacaraci, Souto Soares e Teixeira de Freitas.

 I.P./DRT. 2697/BA
/CIB/CIB 211a

 

Veja Mais Notícias >>

Esta notícia foi visualizada 179 vezes.
 

Página InicialContatoLinksMapa do Site

A SESABPlanejamentoAçõesPrevenção de Doenças
Utilidade PúblicaComunicaçãoDados da Saúde na Bahia